Qualidade em cabos para som e shows perfeitos

Qualidade em cabos para som e shows perfeitos

Realizada em fevereiro último, o evento atraiu lojistas do Brasil inteiro

Embu das Artes (SP), 6 de março de 2024 – O retorno da Datalink à Feira Music Brasil, em Guarujá (SP), foi um sucesso, “superou as expectativas”. A avaliação é do Gerente de Vendas da empresa, Maurício Fernandes, também músico e guitarrista. “Foi uma volta importante e potente. Tivemos contato com lojistas do cenário musical não apenas do estado de São Paulo, mas de outras regiões do País”, comemora.

O evento está em sua 17ª edição e é realizado no litoral paulista com o propósito de reunir, no mesmo espaço e com estrutura adequada e confortável, marcas consagradas do mercado de áudio e instrumentos musicais e os maiores empreendedores do segmento varejista de todo o Brasil.


No início, o evento era conhecido como a “feira da música do interior de São Paulo”, mas a sua fama acabou despertando a atenção de todos os lojista do País. Hoje ela reúne mais de 40 marcas, entre elas a Datalink, e mais de 250 lojas. “A feira realmente cumpre esse objetivo”, afirma Fernandes, que acrescenta: “É a oportunidade de mostrarmos, na prática, a qualidade dos nossos cabos de sonorização para os lojistas preocupados com a satisfação dos seus clientes.”

Fabricante das linhas Garage, Studio, Pop e Revolutiona Datalink teve um diferencial importante na Feira Music de Guarujá. “Mostramos os artistas que tocam com os nossos cabos. Pessoas conectam pessoas. Não adianta apenas falar que o nosso cabo tem a melhor qualidade, mostramos quem são os artistas que fazem música e estão nos palcos com cabeamento  da Datalink. É uma comunicação direta. E tivemos o prazer de receber o grande baixista brasileiro Celso Pixinga, artista da nossa marca”, explica Maurício Fernandes.

Pessoas conectam pessoas. O baixista e professor de música Celso Pixinga (de boné) com o gerente Maurício Fernandes, no estande da Datalink, na Feira Music. Crédito: Divulgação | Datalink.

Outro ponto destacado pelo gerente foi a participação de representantes da marca Datalink de São Paulo e de outros estados brasileiros, como Minas Gerais e Bahia. “Eles fizeram um trabalho primoroso de aproximação com os lojistas presentes ao evento, atraindo-os para o nosso estande, onde pudemos conversar, trocar ideias e, principalmente, fechar bons negócios”, elogia o gerente de Vendas.

Maurício Fernandes parabeniza a organização da feira em nome do seu idealizador Gilberto Bianchi: “Realmente, quem está à frente da Feira Music conhece o mercado de audiovisual e sabe que o sucesso do evento está na promoção de bons relacionamentos comerciais e de negócios, e ‘a música agradece’, como o próprio Bianchi diz. Esse propósito foi alcançado pela Datalink, com toda a certeza.”

Maurício, à frente, com Arnaldo Gromik, representante comercial da marca, em São Paulo, e  Aline Oliveira, da equipe de vendas da Datalink. Crédito: Divulgação.

Escute o nosso cabo
A Datalink realiza o workshop “Escute o nosso cabo” em todo o Brasil junto aos clientes, como em lojas de instrumentos musicais. A próxima edição do evento acontece na megastore Made in Brazil, há 34 anos no mercado, na sua loja no Barra Shopping, no Rio de Janeiro, no dia 14 de março. “A experiência tem sido positiva porque o feedback dos compradores é imediato. Eles percebem, na nossa apresentação, a diferença do som com os cabos da empresa”, garante Maurício Fernandes.

O lojista que quiser saber mais sobre o “Escute o nosso cabo” deve entrar em contato direto com o gerente Maurício Fernandes, pelo telefone (11) 98543-1640 ou pelo e-mail mauricio@afdatalink.com.br.

Sobre a Datalink
A Datalink é uma das principais fabricantes de cabos coaxiais e conectores e desenvolvedora de sistemas de alta qualidade e performance. Empresa brasileira cujo portfólio de produtos atende a diversos segmentos econômicos e de serviços: agronegócio, automação industrial e predial, automotivo, energia solar, estética, saúde, sonorização, telecomunicações. A história da Datalink mostra a capacidade industrial e a competência da engenharia brasileira. A qualidade, a excelência e a segurança dos seus produtos são a marca da Datalink criada em 1993 e com seu complexo industrial instalado em Embu das Artes (SP). Em 2023, recebeu a certificação GPTW (Great Place To Work) de ótima empresa para trabalhar. Mais informações em
 www.afdatalink.com.br.

Assessoria de Imprensa
Rosângela Ribeiro Gil
imprensa@afdatalink.com.br

Pelo direito à vida, ao respeito e à igualdade

Pelo direito à vida, ao respeito e à igualdade

Elizangela das Neves conta sua trajetória profissional que mudou a sua vida

Embu das Artes (SP), sexta-feira, 8 de março de 2024 – Desde cedo, Elizangela das Neves foi à luta. Ainda na adolescência trabalhou em lojas, na área de telemarketing, sempre decidida em olhar para frente. “As pedras no caminho são feitas para a gente crescer, mas isso não significa aceitar o que está errado, significa aprender com os seus erros e os dos outros. Serve, também, para sabermos o que queremos e o que não queremos na nossa vida”, reflete a gerente de Vendas da Datalink, fabricante brasileira de cabos coaxiais e conectores, há 31 anos no mercado.

A vida de Elizangela teve um novo e bom impulso, aos 19 anos de idade, no ano de 2010, quando “passei no processo seletivo da Datalink para uma função no ‘chão de fábrica’. Trabalhei na montagem de jumpers, pequenos condutores utilizados para conectar dois pontos de um circuito eletrônico”.

Da montagem de jumpers à gerência de Vendas, Elizangela completa, neste mês de março, 14 anos de Datalink. “Agarrei com determinação todas as oportunidades que tive trabalhando na empresa. Fui estudar, fiz faculdade de Administração de Empresas. Ou seja, consegui estruturar uma carreira profissional. Além disso, estive atenta a todos os aprendizados do dia a dia da empresa. É um ambiente de trabalho rico para aprender”, destaca.

Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, trazemos o exemplo de vida e profissional de Elizangela das Neves, como inspiração para outras mulheres. Como ela mesma diz, muito se avançou, mas a sociedade ainda é devedora em relação às mulheres. “Precisamos dar um basta a todo tipo de violência contra a mulher”, diz.

Leia, a seguir, a entrevista.

Elizangela das Neves na gerência de Vendas. Crédito: Cristina Harms Camacho.

Como foi o início da sua trajetória profissional na Datalink?
Elizangela das Neves –
Entrei na empresa aos 19 anos de idade. Fui aprovada no processo seletivo da empresa e contratada para trabalhar na montagem de jumpers.  Alguns meses depois passei para o setor de trançadeira (máquinas que fazem a trança dos cabos) e fiquei na espuladeira (setor que alimenta as trançadeiras).

Nesse período, me matriculei na faculdade de Administração de Empresas e tive a oportunidade de trabalhar como auxiliar de faturamento, aprendi sobre impostos, mas não era o que eu queria seguir como profissão. Surgiu uma vaga em vendas e, embora fosse tímida, resolvi tentar e estou em vendas até hoje. Sou muito grata à Datalink por todas as oportunidades e por enxergar em mim o potencial que nem eu sabia que tinha. Na Datalink, ganhei confiança em mim mesma.

Como o desenvolvimento profissional na empresa lhe criou oportunidades importantes na sua carreira?
Elizangela das Neves –
Antes da Datalink, trabalhei na área de telemarketing e atendimento ao público em lojas. Quando tive a chance de me desenvolver, agarrei com todas as minhas forças, dei o meu melhor, comecei a estudar e foi assim que tive as oportunidades de crescimento na minha carreira. Consegui unir as teorias que aprendia na faculdade e a prática no meu dia a dia na empresa. Olhando para trás vejo o quanto aprendi, cresci como profissional e evolui como ser humano também. A Datalink é uma empresa de oportunidades, mas você precisa estar preparado para agarrá-las quando elas vierem.

Quem é a Elizangela gerente de Vendas?
Elizangela das Neves –
Acho difícil falar de nós mesmos, mas me enxergo como uma profissional confiante, que resolve de frente os problemas do dia a dia, que não abaixa a cabeça diante de um desafio, que preza pela verdade, honestidade e parceria com nossos clientes e com toda a equipe da empresa.

Agora quem é a mulher Elizangela?
Elizangela das Neves –
Ela gosta de sonhar, mas sempre com os pés no chão e como forma de projetar. Ela é decidida, forte, não gosta de injustiças. Ama viajar e conhecer novos lugares, mas também adora o conforto do seu lar. É direta para não deixar margem a dúvidas, mas sempre com respeito. Prefere a verdade, mesmo que seja difícil de encarar. Tenta ser uma pessoa melhor a cada dia, mas sem significar abaixar a cabeça ou ser tratada como boba.
É casada e tem um cachorro que a espera todos os dias depois do trabalho.

Eli com o Bart: “Ele não gosta de foto, mas consegui uma, pelo menos.” Crédito: acervo pessoal.

O 8 de Março é uma data especial e de luta para as mulheres de todo o mundo, onde se reafirma a importância do respeito, da equidade salarial, da valorização da mulher em qualquer espaço da sociedade. É uma data para se refletir sobre o que se avançou e o que ainda precisa mudar. Qual é a sua reflexão para o 8M?
Elizangela das Neves –
Muitos direitos já foram conquistados, hoje podemos votar, podemos ser independentes e ter uma carreira. Mas, a minha reflexão não é só para o Dia Internacional da Mulher, mas para todos os dias: a sociedade precisa valorizar mais as mulheres, para que tenham respeito, admiração, valorização dos nossos talentos e habilidades. Que não haja mais violência, seja ela qual for! Que tenhamos liberdade! Que todas sejam remuneradas de forma igualitária e que a cada dia mais ocupemos cargos de liderança.

Ser mulher é…
Elizangela das Neves –
Ser mulher é ter que lutar todos os dias para provar o seu valor. É sinônimo de luta, força, persistência e coragem. Ser mulher é ser tudo aquilo que você quiser ser!

Ser mulher não é…
Elizangela das Neves –
Não é ser o sexo frágil e não é para qualquer um.

Sobre a Datalink
A Datalink é uma das principais fabricantes de cabos coaxiais e conectores e desenvolvedora de sistemas de alta qualidade e performance. Empresa brasileira cujo portfólio de produtos atende a diversos segmentos econômicos e de serviços: agronegócio, automação industrial e predial, automotivo, energia solar, estética, saúde, sonorização, telecomunicações. A história da Datalink mostra a capacidade industrial e a competência da engenharia brasileira. A qualidade, a excelência e a segurança dos seus produtos são a marca da Datalink criada em 1993 e com seu complexo industrial instalado em Embu das Artes (SP). Em 2023, recebeu a certificação GPTW (Great Place To Work) de ótima empresa para trabalhar. Mais informações
em www.afdatalink.com.br.

Assessoria de Imprensa Datalink
Rosângela Ribeiro Gil
imprensa@afdatalink.com.br

Trinta e um anos de qualidade e inovação no mercado de cabos

Trinta e um anos de qualidade e inovação no mercado de cabos

As melhores soluções de cabeamento para diversas áreas, de telecomunicações à sonorização

Embu das Artes (SP), 1º de março de 2024 – A fabricante de cabos coaxiais Datalink completa mais um ano de vida, neste mês de março, reafirmando que a sua maior motivação é a satisfação do cliente. Fundada em 1993, a empresa é fruto do empreendedorismo de dois engenheiros egressos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Os primeiros passos da empresa coincidem com a fase inicial da implantação dos sistemas de telefonia celular no Brasil.

Inicialmente fornecedora de cabos coaxiais montados para equipamentos de VSAT [sigla em inglês de Very Small Aperture Terminal], sistema de comunicação muito usado, à época, para interligar agências bancárias aos centros de processamento de dados dos bancos, a Datalink expandiu seu mercado e com um diferencial que se tornaria a marca da empresa: a qualidade.

Da primeira sede numa casa alugada no bairro de Campo Belo, passando para uma casa maior em Santo Amaro, ambas na capital paulista, hoje a Datalink está instalada em complexo industrial próprio, em Embu das Artes, na Grande São Paulo, numa área de 11 mil metros quadrados com oito mil metros quadrados de área construída. A fábrica moderna, organizada e bonita, conta com equipamentos de última geração, novas tecnologias e inovações constantes em processos, serviços e produtos. A empresa produz cabos para diversos segmentos em todo o País e também para projetos internacionais.

Na nova fábrica, são produzidos cabos que encontram uma grande variedade de utilizações. Além das telecomunicações, os cabos e conectores da Datalink chegam ao agronegócio, à automação industrial e predial, ao setor automotivo, à área de estética e saúde etc.

Sonorização: grande passo
Em grande e importante salto, a Datalink, em 2013, iniciou a fabricação de cabos de sonorização, que vão levar inovação e qualidade para o mercado musical e artístico brasileiro. Rapidamente, a empresa se torna referência no meio musical e no setor de audiovisual e entretenimento.

Em 2018, novo marco importante na história da empresa, mostra a capacidade de inovação e competência para atender ao mercado em suas necessidades de cabeamento de qualidade, durabilidade e segurança. A empresa foi escolhida para fornecer cabos e conectores para a maior e mais complexa infraestrutura científica do Brasil, o acelerador de elétrons Sirius, do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP). O sucesso na parceria com o CNPEM chamou a atenção da agência governamental australiana Australian Nuclear Science and Technology Organisation (ANSTO) que também adquiriu cabos da empresa.

Equipe Datalink, muito orgulho do que faz. Crédito: Cristina Harms Camacho.

Empresa feita de futuro, a Datalink segue investindo em máquinas de última geração, em equipamentos de controle do processo, na melhoria dos métodos de trabalho, mas, principalmente, na valorização da sua equipe profissional, do “chão de fábrica” aos setores de produtos e engenharia. Para a direção da empresa, o seu maior patrimônio são os colaboradores e colaboradoras comprometidos em atender aos clientes com a máxima qualidade, eficiência e eficácia.

Em 2023, a empresa conquista mais  um reconhecimento da sua trajetória: a certificação internacional GPTW (Great Place To Work) de ótima empresa para trabalhar.

Há 31 anos, a Datalink, empresa genuinamente nacional, combina desafios, empreendedorismo, engenharia, equipe, qualidade, resiliência e perseverança. E, conforme seus sócios-diretores, seguirá trilhando o caminho da produção com responsabilidade e qualidade para elevar o papel da indústria brasileira para o desenvolvimento nacional com criação de produtos com maior valor agregado, de empregos e na valorização de talentos brasileiros.

Para conhecer mais a história da Datalink, inovações e produtos, leia a revista https://8p8cd5.p3cdn1.secureserver.net/wp-content/uploads/2023/05/Revista-30-anos-DLK_04MAI2023.pdf

Sobre a Datalink
A Datalink é uma das principais fabricantes de cabos coaxiais e conectores e desenvolvedora de sistemas de alta qualidade e performance. Empresa brasileira cujo portfólio de produtos atende a diversos segmentos econômicos e de serviços: agronegócio, automação industrial e predial, automotivo, energia solar, estética, saúde, sonorização, telecomunicações. A história da Datalink mostra a capacidade industrial e a competência da engenharia brasileira. A qualidade, a excelência e a segurança dos seus produtos são a marca da Datalink criada em 1993 e com seu complexo industrial instalado em Embu das Artes (SP). Em 2023, recebeu a certificação GPTW (Great Place To Work) de ótima empresa para trabalhar. Mais informações em www.afdatalink.com.br.

Assessoria de Imprensa
Rosângela Ribeiro Gil
imprensa@afdatalink.com.br

Datalink participa da feira Music Brasil, em Guarujá

Datalink participa da feira Music Brasil, em Guarujá

De 20 a 22 de fevereiro próximo, vamos levar os melhores cabos de audiovisual para lojistas de todo o País

Embu das Artes (SP), 8 de fevereiro de 2024 – A Datalink participa da 17ª edição da Feira Music, em Guarujá, no litoral paulista. Vamos levar os melhores cabos de sonorização e audiovisual para os melhores lojistas do País. A feira acontece de 20 a 22 de fevereiro próximo, no Hotel Casa Grande (Avenida Miguel Estefno, 1001, na Enseada), em Guarujá.

Nesta edição, a Feira Music tem como tema “Os Sons” e a chamada “Porque metade de mim é Música, e a outra também”. A proposta é conciliar em um mesmo evento bons negócios e bons relacionamentos com os clientes. A feira reúne marcas consagradas do mercado de áudio e instrumentos musicais, como a Datalink, e também os maiores empreendedores do segmento varejista de todo o Brasil.

A Datalink, a exemplo da participação em outros eventos do segmento de audiovisual, levará sua equipe profissional da área técnica e de vendas para atender, de forma qualificada, lojistas de um mercado tão exigente em termos de som de qualidade. Além disso, o stand da Datalink contará com uma estrutura arrojada e inovadora para receber os empreendedores com conforto e mostrar como os cabos da empresa são produzidos na fábrica de Embu das Artes.

Para a Datalink, qualidade não é apenas um substantivo feminino, é cabo.

Serviço
O que: Datalink participa da 17ª Feira Music de Guarujá
Quando: De 20 a 22 de fevereiro de 2024
Onde: Hotel Casagrande – Avenida Miguel Estefno, 1001, na Enseada, em Guarujá
Informações: Rosângela Ribeiro Gil – imprensa@afdatalink.com.br

Sobre a Datalink
A Datalink é uma das principais fabricantes de cabos coaxiais e conectores e desenvolvedora de sistemas de alta qualidade e performance. Empresa brasileira cujo portfólio de produtos atende a diversos segmentos econômicos e de serviços: agronegócio, automação industrial e predial, automotivo, energia solar, estética, saúde, sonorização, telecomunicações. A história da Datalink mostra a capacidade industrial e a competência da engenharia brasileira. A qualidade, a excelência e a segurança dos seus produtos são a marca da Datalink criada em 1993 e com seu complexo industrial instalado em Embu das Artes (SP). Em 2023, recebeu a certificação GPTW (Great Place To Work) de ótima empresa para trabalhar. Mais informações em
 www.afdatalink.com.br.

Assessoria de Imprensa
Rosângela Ribeiro Gil
imprensa@afdatalink.com.br

Engenheiro fala sobre cabos de instrumentação

Engenheiro fala sobre cabos de instrumentação

Empresa faz blindagem eletrostática total para assegurar resultados positivos em ambientes industriais

Embu das Artes (SP), 7 de fevereiro de 2024 – O engenheiro eletricista Amauri Soares, gerente de Produtos da Datalink, mostra, nesta entrevista especial, porque os cabos de instrumentação da empresa têm qualidade e segurança garantidas e são feitos de acordo com a necessidade e projeto do cliente.

Soares explica que os cabos de instrumentação, também conhecidos como de sinal, são para uso industrial com aplicação específica para transmitir sinais analógicos – geralmente do protocolo padrão 4-20mA. “Eles [os cabos] devem seguir a norma brasileira NBR 10300, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), visando a leitura correta dos sinais e a durabilidade em ambientes industriais. Procedimento cumprido na fabricação dos cabos da Datalink”, observa.

Conforme o gerente de Produtos, os cabos de instrumentação podem ser “aplicados em instalações de equipamentos elétricos, leitura de instrumentos de campo, acionamento e controle, painéis de comando, PLC [sigla em inglês para Programmable Logic Controller, em português, Controlador lógico programável], máquinas e equipamentos industriais entre outros”, diz.

Acompanhe outras informações técnicas sobre os cabos de instrumentação industrial da Datalink com o engenheiro e gerente de Produtos Amauri Soares.

Todo cabo de instrumentação é igual?

Engenheiro Amauri Soares: os melhores cabos de instrumentação estão na Datalink. Crédito: Cristina Harms Camacho.

Amauri Soares – O cabo de instrumentação pode variar em termos de estrutura dependendo da aplicação e ambiente de instalação. O ideal pode ser adquirido na Datalink, pois temos uma equipe qualificada para dar suporte aos clientes e especificar o produto correto para cada projeto.

Qual é a estrutura material e técnica do cabo?
Amauri Soares – Normalmente, ele é composto por fios de cobre eletrolítico nu com classe de encordoamento 5, o que o caracteriza como um cabo flexível. Já o cabo trio ou terna, como é chamada a opção com três vias, acompanha um dreno de cobre estanhado 0,5 mm², que tem a função de realizar o aterramento. Para evitar interferências, os cabos possuem blindagem.

Em que tipos de ambientes os cabos são utilizados?
Amauri Soares –
Dependendo das características individuais do cabo de instrumentação, ele pode ser usado em ambientes fechados ou ao ar livre, ou mesmo enterrado direto no solo ou aplicado ao ar livre e em bandejas abertas ou calhas. Portanto, poderá ter diferentes polímeros na composição da isolação dos condutores e da capa externa.

Quais as vantagens de quem utiliza os cabos de instrumentação da Datalink?
Amauri Soares –
A qualidade é a principal força no processo de fabricação dos cabos da empresa. Afirmo, com minha experiência profissional na engenharia, que a qualidade é inegociável para a empresa que, inclusive, foi criada por dois engenheiros, em 1993.

A Datalink tem estrutura fabril moderna e inovadora e corpo técnico e de engenheiros altamente qualificados. Somos e estamos capacitados, com as devidas homologações legais, a desenvolver cabos e conectores de alta performance para as mais diversas aplicações.

Para que serve o cabo de instrumentação?
Amauri Soares –
O cabo para instrumentação industrial e sinal é utilizado em uma ampla gama de aplicações. Ele tem um papel vital no funcionamento dos sistemas de controle e de máquinas nos diversos processos industriais. Por exemplo, eles estão em plantas de produção nos mercados automotivo, de celulose, de óleo & gás e de mineração, no transporte (metrôs, aeroportos, portos, rodovias etc.), entre outros setores.

Engenheiro, qual é a importância da blindagem para esse tipo de cabo?
Amauri Soares –
A blindagem age como uma barreira eletrostática contra os ruídos e mantém a integridade do sinal do cabo. A blindagem geralmente é composta de fita de poliéster aluminizada em contato com dreno de cobre estanhado. Na Datalink, os cabos de instrumentação industrial têm qualidade elevada com blindagem eletrostática total, o que assegura resultados positivos.

> Informações técnicas dos cabos de instrumentação industrial da Datalink em https://afdatalink.com.br/cabo-para-instrumentacao-industrial-linha-signal-datalink/

Sobre a Datalink
A Datalink é uma das principais fabricantes de cabos coaxiais e conectores e desenvolvedora de sistemas de alta qualidade e performance. Empresa brasileira cujo portfólio de produtos atende a diversos segmentos econômicos e de serviços: agronegócio, automação industrial e predial, automotivo, energia solar, estética, saúde, sonorização, telecomunicações. A história da Datalink mostra a capacidade industrial e a competência da engenharia brasileira. A qualidade, a excelência e a segurança dos seus produtos são a marca da Datalink criada em 1993 e com seu complexo industrial instalado em Embu das Artes (SP). Em 2023, recebeu a certificação GPTW (Great Place To Work) de ótima empresa para trabalhar. Mais informações em
 www.afdatalink.com.br.

Assessoria de Imprensa
Rosângela Ribeiro Gil
imprensa@afdatalink.com.br

Cabos Datalink garantem som de trios elétricos

Cabos Datalink garantem som de trios elétricos

Os trios elétricos OFERVO e Som da Ilha levam alegria para milhares de foliões com os cabos da Datalink

Atrás do trio elétrico
Só não vai quem já morreu
Quem já botou pra rachar
Aprendeu, que é do outro lado
Do lado de lá do lado
Que é lá do lado de lá
(Canção de Caetano Veloso)

Embu das Artes, 7 de fevereiro de 2024 – Os cabos de sonorização da Datalink também são presença marcante no Carnaval. Eles garantem a folia de milhares de pessoas que vão atrás dos trios elétricos OFERVO e Som da Ilha. O sistema de cabeamento dos trios tem a marca inconfundível do cabo de qualidade e alta performance, Datalink.

César Augusto Bilezikdjian, criador e um dos sócios da Som da Ilha, explica que “o cabeamento de um sistema de som é parte fundamental em toda a complexidade de uma apresentação musical ou mesmo em um sistema de som para grandes eventos, como o de um trio elétrico ou do automobilístico StockCar”.

Além do bom gosto pelo som de qualidade, a empresa tem outra semelhança com a Datalink, ambas estão na “estrada” há mais de 30 anos. “Criei a Som da Ilha junto com o meu irmão Paulo de Tarso Bilezikdjian. Trinta anos não são trinta dias de trabalho profissional. Falo com convicção: entregamos o melhor som para o público”, ressalta César Augusto.

Os irmãos César e Paulo Bilezikdjian fundados da Som da Ilha. Crédito: Acervo pessoal.

Já o criador do trio “OFERVO” traz o som de qualidade no próprio DNA. Com inspiração de pai e tios, da banda San Sebastian, Célio Antônio Reis Júnior, ou apenas Celinho, criou, em 1997, a empresa OFERVO Eventos e Locação de Equipamentos. Voo próprio que deu mega certo e chega aos 27 anos de existência ainda mais potente, agora com os cabos da Datalink.

Neste Carnaval, com agenda cheia até 18 de fevereiro, pelo menos, o melhor trio elétrico truck do Brasil vai fazer a alegria de milhares de foliões. Conversamos com o Celinho em meio aos preparativos carnavalescos, testando toda a estrutura de sinal, gerador e som do trio elétrico. Como ele mesmo diz e comemora, “equipado com os melhores cabos do País. No Carnaval deste ano, nosso sistema de subsnake, Multivias, Cabos XLR de sinal, Cabos P10 para instrumentos são todos da Datalink, de cabo a rabo”.

Celinho, de camiseta azul, na fábrica da Datalink, com o gerente Maurício Fernandes (no meio) e Serginho Reis, produtor musical. Crédito: Divulgação.

Celinho explica que seu trio elétrico está puxando os bloquinhos carnavalescos de São Paulo. “Vamos rodar muitos quilômetros até o dia 18 de fevereiro. Nos preparamos o ano inteiro para essa época tão especial, alegre e contagiante”, exalta. Preparo, diz ele, que estão nos mínimos detalhes, da manutenção, da troca de óleo e filtros do motor, até o último teste de som e alinhamento do sistema de áudio. Levamos para as ruas o que há de novidade e melhor em qualidade audiovisual”.

Celinho avisa que o Carnaval de 2024 será mais especial. OFERVO Trio Elétrico compõe agora a galeria de artistas da Datalink. “Todo nosso sistema de cabos e conectores de sinal e instrumentos agora são Datalink. Um bom cabo junto com um bom conector é essencial para uma ótima qualidade e rendimento de áudio. E Carnaval é som!”, ensina.

Trio elétrico OFERVO, no Vale do Anhangabaú. Crédito: Divulgação.

O OFERVO tem uma vasta experiência em grandes produções para multidões. “Em São Paulo e no Rio de Janeiro, nossos contratantes nos chamam de o Trio Elétrico OFERVO, o TRIO que arrasta multidões”, diz, orgulhoso. Alguns dos eventos e ocasiões em que o trio OFERVO está presente: Parada Gay, Marcha para Jesus, Virada Cultural, festas juninas e de final de ano, micaretas, festas temáticas e muito mais.

Em tempo, Celinho avisa que vai produzir um videoclipe comemorativo aos 50 anos da banda San Sebastian e “vamos usar os excelentes cabeamentos Datalink”. Sucesso! Já estamos na fila para assistir à homenagem.

 Para saber mais, OFERVO está no Instagram, Facebook, TikTok, YouTube.

Com vocês, a Som da Ilha!
A empresa, que nasceu no Vale do Ribeira (região localizada no sul do estado de São Paulo), está no mercado de eventos há 35 anos. A Som da Ilha é referência nacional e atua em diversos segmentos do setor. Com um portfólio que impressiona, trabalha em conjunto com os clientes para definir, desenhar e distribuir soluções criativas, inovadoras e específicas, de acordo com cada perfil e porte. A Datalink tem muito orgulho de ter a empresa como sua cliente fiel.

Nos dias de Carnaval, diz César Augusto Bilezikdjian, a Som da Ilha “roda” o Brasil todo. “Usamos as mesmas tecnologias utilizadas em passarelas do samba, como as do Rio de Janeiro (Sapucaí) e de São Paulo (Anhembi). Este ano estaremos em algumas cidades como Iguape, Registro, Cananéia, Pariquera-Açu e Juquiá”, informa.

A assertividade em projetos especiais se tornou o grande diferencial da empresa que tem um time comprometido, flexível, experiente e altamente qualificado. A Som da Ilha conta com frota própria, se mantém conectada às novas demandas e investe continuamente em tecnologia de ponta o que garante competência e modernização dos serviços prestados. “Costumamos dizer que é padrão Som da Ilha”, diz César Augusto.

O encontro de duas grandes empresas brasileiras se deu na busca da qualidade, lembra César Augusto: “A Datalink começou a fazer parte do nosso fornecimento de cabos, após notarmos a dificuldade que tínhamos de conseguir produtos diferenciados do mercado comum, os equipamentos estão mudando constantemente e necessitam de novos projetos de cabos e conexões.”

Uma união perfeita até os dias de hoje, comemora César Augusto e a Datalink. “É uma parceria incrível e sustentável em todos os sentidos, para a construção de novos cabos e busca de novas tecnologias para esse mercado do áudio profissional”, informa.

Ele se orgulha da história que a Som da Ilha construiu ao longo de mais de três décadas de ‘estrada’: “A excelência em projeções e nos sistemas de sonorização e iluminação, segurança garantida em toda infraestrutura, confiança, eficiência, qualidade e potência são os pilares determinantes que atestam o full service da Som da Ilha.”

Os cabos da Datalink ajudam na tarefa de garantir essa qualidade do serviço da Som da Ilha. César Augusto comprova: “O cabeamento de um sistema de som é parte fundamental em toda a complexidade de  uma apresentação musical ou mesmo em um sistema de som para grandes eventos. Os cabos fazem a transmissão de dados, energia e sinal da origem  – microfones, instrumentos, computadores etc. – até o final – amplificadores e caixa de som.”

Som da Ilha garante grandes shows com os cabos Datalink. Crédito: Divulgação.

Ele acrescenta: “É por isso que a Datalink faz parte dessa complexidade tecnológica da Som da Ilha. Mas, além de ser nosso fornecedor de cabos, a Datalink ainda ajuda na construção de ideias de novos produtos”.

 Para conhecer mais a Som da Ilha, entre no site https://www.somdailha.com.br/

Sobre a Datalink
A Datalink é uma das principais fabricantes de cabos coaxiais e conectores e desenvolvedora de sistemas de alta qualidade e performance. Empresa brasileira cujo portfólio de produtos atende a diversos segmentos econômicos e de serviços: agronegócio, automação industrial e predial, automotivo, energia solar, estética, saúde, sonorização, telecomunicações. A história da Datalink mostra a capacidade industrial e a competência da engenharia brasileira. A qualidade, a excelência e a segurança dos seus produtos são a marca da Datalink criada em 1993 e com seu complexo industrial instalado em Embu das Artes (SP). Em 2023, recebeu a certificação GPTW (Great Place To Work) de ótima empresa para trabalhar. Mais informações em 
www.afdatalink.com.br.

Assessoria de Imprensa
Rosângela Ribeiro Gil
imprensa@afdatalink.com.br