Cabos para instrumentos musicais linha Studio

Cabos para instrumentos musicais linha Studio - Cabos montados - SonorizaçãoCabos para instrumentos musicais linha Studio - Cabos montados - SonorizaçãoCabos para instrumentos musicais linha Studio - Cabos montados - SonorizaçãoCabos para instrumentos musicais linha...
Datalink e Made in Brazil: parceria musical de sucesso

Datalink e Made in Brazil: parceria musical de sucesso

Para melhorar a parceria, Datalink reposiciona os cabos da linha Revolution Instrumentos, unificando os conectores do produto com tecnologia de ponta.

Rosângela Ribeiro Gil
Assessoria de Imprensa
imprensa@afdatalink.com.br

Cristina Camacho
Foto e edição de imagens
elisabeth@afdatalink.com.br

O ano de 2023 já começa com bons e novos desafios para a Datalink, fabricante de cabos e conectores de alta qualidade e performance de comunicação e controle para aplicações industriais, agrícolas e smart cities. A empresa brasileira – que completa 30 anos em março próximo – se debruça, nesses primeiros dias do novo ano, a melhorar um dos seus produtos de sonorização, a linha Revolution Instrumentos ideal para o uso profissional em guitarra, baixo, violão, teclado, contrabaixo etc.

O reposicionamento da linha, explica o gerente de Vendas da Datalink Maurício Fernandes, visa garantir ao produto uma performance ainda mais magistral e fidedigna ao som dos instrumentos. Para tanto, diz Fernandes, a fabricação dos cabos Revolution vão utilizar conectores da marca Rean by Neutrik, “que é a número um, no mundo, no fornecimento desse tipo de conector”, observa.

Segundo Maurício Fernandes, que também é músico e professor, a linha Revolution Instrumentos agrega, ainda, uma das tecnologias mais modernas que é a expanso a nitrogênio, pois ela garante a frequência que um cabo sólido não proporciona totalmente. “No Brasil, a Datalink é a única empresa que adota essa tecnologia”, informa o gerente da empresa. Uma tecnologia, acrescenta ele, proveniente da área de telecomunicações que utiliza cabos para longas distâncias para preservar a qualidade da mensagem que pode atravessar milhares de quilômetros. “Isso equivale dizer que estamos falando de uma tecnologia altamente moderna e potente. Os nossos produtos têm essa tecnologia embarcada. O que nos dá muita satisfação e aos clientes mais ainda”, ressalta.

O reposicionamento da linha Revolution Instrumentos prevê, ainda, uma embalagem mais moderna e bonita. Maurício Fernandes informa que a nova configuração do produto estará pronta ainda no primeiro trimestre de 2023. “É o nosso presente para os músicos que fazem do ofício praticamente um ´sacerdócio´ na entrega do melhor para o público. Estamos realmente comprometidos com essa missão”, garante o gerente da Datalink.

Palavra do cliente
Satisfação e missão comprovadas por um dos grandes clientes da linha de sonorização da Datalink, a megastore Made in Brazil, que oferece, há 33 anos, o que há de melhor no mundo dos instrumentos musicais e acessórios. “De fato, só trabalhamos com produtos que ofereçam qualidade e transmitam confiança aos clientes”, atesta Alvaro Moro Neto, gestor da unidade de Moema, na capital paulista. Ele acrescenta que o cuidado da megastore é fornecer os melhores produtos para fidelizar os consumidores com “escolhas que os façam voltar a comprar conosco”.

Alvaro Moro Neto é gestor de unidade da megastore Made in Brazil, na capital paulista. Crédito: Renan Ferrete @renanferrete.

Inicialmente, descreve Moro Neto, “testamos os cabos Datalink em nosso dia a dia de loja. Somos heavy users [na tradução literal para o português usuários pesados que define um grupo de consumidores que fazem uso fiel e massivo de algum serviço ou produto] e os cabos passaram nos testes do som, do conecta-desconecta e no enrola-desenrola intenso que é a rotina de uma grande loja de instrumentos musicais”.

Os cabos da Datalink que não faltam nas unidades da Made in Brazil, e que têm sucesso garantido entre o público da rede, segundo Moro Neto, são os das linhas Garage Line, Revolution e Studio Line. “Eles entregam muito e acho o range [alcance] de preço bem justo”, endossa o gestor da megastore. Ele ainda destaca: “O Studio Line é realmente acima da média, principalmente no timbre. É cristalino, tem punch e consegue conduzir um espectro de frequência mais amplo. Acredito que, pela durabilidade e som impecável, é um investimento. Cabo para bons anos de uso.”

Por dentro dos cabos
Toda essa excelência de entrega dos cabos produzidos no complexo industrial de Embu das Artes, como explica o gerente de Vendas da Datalink, Maurício Fernandes, começa com uma lição: “Não enxergamos o que está dentro de um cabo, mas a qualidade vai depender do que está dentro dele em termos de tecnologia, matéria-prima e do próprio processo de fabricação.” Esse é o compromisso da Datalink, garantir matéria-prima de qualidade dentro dos cabos.

Fernandes explica que os cabos da empresa utilizam a tecnologia a expanso, ou seja, eles têm injetado na ´veia’ uma mistura de nitrogênio e polietileno. “Esse processo aumenta a condutividade acústica de uma ponta a outra. Isso reduz consideravelmente o ´arrasto´, ou seja, a perda de frequências. Para o músico, evitar essa perda é fundamental, pois vai entregar um com ganho harmônico e com todas as frequências”, ensina Maurício Fernandes.

Para Alvaro Moro Neto, gestor de uma das maiores unidades da Made in Brazil, é empolgante ver o brilho nos olhos de todos que participam ativamente desse projeto de nicho musical na Datalink, já consolidada na fabricação de cabos para telecomunicação. A relação das duas empresas, contemporâneas em criação, ambas foram criadas na década de 1990, informa Moro Neto, se consolida, “pois estamos sempre conectados, nos reunimos para falar de produto, de identidade visual e qualidade dos componentes, o que me deixa honrado também de poder participar disso, dar as minhas impressões sobre o produto final e sintetizar um pouco do comportamento e preferências dos nossos clientes”.

História de superação empresarial
A Made in Brazil foi criada em 1990 e numa época em que o preconceito com o produto brasileiro imperava e os importados conquistavam cada vez mais o seu espaço no País. O próprio nome da loja brinca, podemos dizer assim, com esse complexo brasileiro ao se chamar em Made in Brazil, no idioma inglês, mas cuja tradução para o português é ‘feito no Brasil’.

Moro Neto fala um pouco sobre como a empresa chega em 2023 totalmente vigorosa e com uma trajetória de sucesso: “Nessa linha do tempo a Made precisou se moldar diversas vezes, se adaptar às tecnologias, aprender com os grandes players da época e criar sua identidade. Segundo o que a história diz, foi uma luta até para conquistar a confiança dos principais fornecedores e importadores. O Marcelo, nosso diretor, conta ter levado muitas ‘portas na cara’ até conseguir mostrar o valor da Made para o mercado.”

Um caminho difícil, que exigiu perseverança e resiliência de todos os envolvidos, mas que, hoje, colhe bons frutos. “O bonito dessa trajetória é que hoje nos tornamos um dos principais nomes do País no varejo de instrumentos musicais, temos grandes marcas no line-up e algumas exclusivas. Chegamos até aqui com gente apaixonada pelo trabalho, com grandes amigos e parceiros, humanidade e uma visão expandida do nosso negócio. Nunca foi fácil, mas uma estrada com mais curvas é uma escola”, observa Moro Neto.

Maurício Fernandes, gerente de Vendas da Datalink, é também guitarrista. Crédito: Cristina Camacho.

Quem faz e gosta de música sabe o quanto faz a diferença cabos de qualidade para entregar o melhor som. Nessa relação Datalink e Made in Brazil também tem a história de um grande reencontro, diz Moro Neto com grande entusiasmo: “A Datalink me deu a grata surpresa de reencontrar o amigo e baita guitarrista Maurício Fernandes [gerente de Vendas da Datalink] e o grande Mário [Garcia], mestre no desenvolvimento de cabos de áudio e instrumentos musicais. Apostamos na marca e isso tem nos garantido ótimos resultados. Tanto que [a Datalink] se tornou uma das principais marcas de cabos ofertadas pela Made.”

História que inspira: Alvaro Moro Neto
Ele é natural de Santo André, região do ABC Paulista, e tem 35 anos de idade. Filho de pai paranaense e mãe andreense, começou a trabalhar aos 14 de idade na marcenaria do pai. Ainda trabalhou em comércio varejista até se encontrar no mercado de instrumentos musicais, em 2011, pela Reference Music Center. Uma conexão importante na vida de Alvaro por ser músico e apaixonado pelo universo da guitarra. Ele entrou na Made in Brazil, unidade da Teodoro Sampaio, no início de 2015. Como ele mesmo diz, era o início de uma nova trajetória de vida e profissional.

Na Made in Brazil, ele começou como vendedor, passou pela coordenação de loja e foi para a unidade Moema como subgerente. Em janeiro de 2020, assumiu a gestão da unidade, que é nossa maior loja da rede. Tanto em faturamento quanto fisicamente.

A empreitada, como ressalta Alvaro, não foi fácil. De cara, lembra ele, enfrentaram o início da pandemia da Covid-19 e todas as incertezas e crises de ansiedade advindas do cenário de crise sanitária mundial. Mas, como ele faz questão de ressaltar: “Aprendemos processos, sobrevivemos e retomamos as boas expectativas.”

Alvaro está há oito anos na Made in Brazil e continua um grande fã e apaixonado das guitarras e de tudo o que a música representa para a pessoas. A Datalink também, Alvaro, por isso os nossos cabos e conectores de sonorização são feitos com máxima qualidade e segurança.

Gerente da Datalink recebe prêmio da Anafima por legado ao mercado da música

Gerente da Datalink recebe prêmio da Anafima por legado ao mercado da música

Mário Garcia estruturou a parte de produtos de sonorização da empresa a partir de 2015

 

Embu das Artes, 9 de outubro de 2023 – Em 30 de agosto último, o gerente de produtos da Datalink, Mário Garcia, foi informado pela Associação Nacional da Indústria da Música (Anafima) que seria agraciado com o “Prêmio Anafima – Trajetória e Legado”. A honraria destaca os profissionais do mercado da música que, ao longo dos anos, dedicaram-se com paixão e excelência ao setor.

A homenagem teve como objetivo principal consagrar profissionais que, por meio de suas ações e exemplos, têm sido pilares na construção e fortalecimento da indústria da música no Brasil. “Foi realmente uma surpresa que me deixou muito emocionado e feliz pelo reconhecimento do meu trabalho há mais de 30 anos. É incrível a sensação de dever cumprido para entregar os melhores produtos para a cena musical e de entretenimento do País e também da América Latina”, diz Mário Garcia.

Mário Garcia (segundo da dir. para a esq.) entre outros agraciados pela Anafima. Crédito: Divulgação | Anafima.

A solenidade de entrega do prêmio foi realizada neste 1º de outubro, no último dia do congresso da feira Conecta+ Música e Mercado, iniciada em 29 de setembro, no Transamérica Expo, em São Paulo (SP), em que a Datalink participou como uma das expositoras. “Sem a dedicação e competência da equipe e a sensibilidade da diretoria não seria possível conquistar um prêmio tão importante. Por isso, quero compartilhar essa honraria com toda a equipe e a diretoria da Datalink. Ao mesmo tempo, destaco o papel importante da Anafima em acompanhar o nosso empenho para engrandecer o setor musical”, agradece Mário Garcia.

Foi uma homenagem tocante e memorável durante a feira e congresso Conecta+ Música & Mercado. Este evento, que é um marco no calendário da indústria musical, tornou-se palco para uma celebração especial que visou honrar aqueles que têm dedicado suas vidas à música, deixando um legado inestimável às futuras gerações.

Como tudo começou
A honraria da Anafima fez Garcia voltar no tempo. Ele lembra: “A paixão pela música me acompanha desde criança.” Garcia acabou cursando a faculdade de Ciências Contábeis, que lhe trouxe outros saberes importantes para se dedicar ao que realmente gostava de fazer, estar perto de tudo que se relacionava à música. Foi assim que, em 1988, aos 30 anos de idade, não pestanejou em aceitar o primeiro convite para trabalhar numa empresa de fabricação de cabos de sonorização. “Agarrei a oportunidade. Fiz a chamada transição de carreira da contabilidade para o mercado da música, e não me arrependo um segundo sequer da escolha”, afirma.

Mário Garcia exibe diploma de premiação ao lado da família. Crédito: Cristina Harms Camacho.

Conhecer as exigências do mercado de música e entretenimento para quem gosta do que faz é quase um dever, pontua Mário Garcia, hoje com 65 anos de idade e 35 de carreira. “Acredito que o segredo para estar num setor tão competitivo e exigente, é saber observar as necessidades dos artistas e também do público”, ensina o gerente de produtos da Datalink. Ele é taxativo: “Não há sobrevivência possível e digna, nesse setor, se não se oferecer produtos de alta qualidade e performance.”

Como ele mesmo destaca, é aqui que entra a Datalink, fabricante de cabos coaxiais e conectores também para o setor musical e de entretenimento. “Estou nessa grande empresa desde 2015. Fui convidado por um dos sócios-diretores e posso dizer com toda a sinceridade: foi a melhor decisão na minha vida profissional.”

Qualidade sempre
Garcia entrou na empresa juntamente com o início da linha de produção de cabos de sonorização e iluminação. Ele estruturou toda a parte dessa nova linha, da produção à área comercial. “O nosso objetivo era atender ao mercado nacional e também da América Latina”, recorda. E acrescenta: “Foi muito interessante, pois trazia a bagagem desse mercado, repito, exigente, para a Datalink. O resultado é que a empresa apostou na produção do melhor cabo para competir com respeito nesse mercado. Porque o nosso objetivo é atender ao cliente final, que é o artista e, sem dúvidas nenhuma, o público.”

A qualidade, endossa Mário Garcia, é inegociável para a Datalink. “O som de um instrumento, de um microfone, de um amplificador, da caixa acústica, enfim, não pode falhar; assim como todo o sistema de iluminação. Esse cuidado, a Datalink tem com todos os seus clientes, que podem estar numa apresentação em grandes palcos, como o Lollapalooza, no final da Stock Car, ou em espaços como igrejas, associações etc. A qualidade do nosso cabo será a mesma, não falhará, entregará o melhor som”, relaciona o gerente.

Para garantir a qualidade dos cabos da Datalink, Mário Garcia explica que a empresa usa matéria-prima com procedência qualificada, embarca tecnologias modernas, está sempre fazendo inovações no processo de produção, adquirindo equipamentos novos etc. “Somos uma empresa organizada para entregar os produtos exatamente como está descrito na parte técnica”, elogia o gerente.

Competências técnicas e humanas
Segundo Garcia, é interessante observar a convergência entre a qualidade dos produtos e a diretoria da empresa. “Entendo que é bem difícil alcançar excelência no que se faz sem combinar a parte técnica com a humana. E isso tem na Datalink, dos sócios-diretores aos colaboradores – do chão de fábrica aos escritórios. O lado humano é muito visível no nosso dia a dia na fábrica”, elogia.

A trajetória profissional de Mário Garcia pontuada por sua dedicação ao mercado da música, contribuindo significativamente para o crescimento, inovação e desenvolvimento do setor, como a Anafima define a premiação, deve servir como um legado para futuras gerações. “O prêmio da Anafima, associação tão importante para a cena musical, renova minha vontade de prosseguir com o meu trabalho na Datalink, que me acolheu desde o início valorizando o profissional que sou”, destaca.

Como ele mesmo observa, uma relação construída nos bons e maus momentos: “Tive um problema de saúde muito sério, que me obrigou a ficar afastado por bons meses da Datalink, mas nunca me senti pressionado pela empresa. Ao contrário, ela me ajudou o tempo todo até a minha recuperação total e garantiu o meu cargo na minha volta ao trabalho. Quem mexe com música, com cultura, com arte precisa realmente ter essa sensibilidade.”

Sobre a Datalink
A Datalink é uma das principais fabricantes de cabos e conectores de alta qualidade e performance de comunicação e controle para aplicações industriais, agrícolas e smart cities e com a certificação Great Place to Work (GPTW). Empresa brasileira cujo portfólio de produtos atende diversos segmentos econômicos, entre eles: agronegócio, automação industrial e predial, automotivo, energia solar, estética, saúde, sonorização e telecomunicações. A história da Datalink lembra histórias de empresas como Embraer, Embrapa, Petrobrás e Weg, entre outras, que mostra a capacidade industrial e competência da engenharia brasileira. A qualidade, a excelência e a segurança dos seus produtos são a marca da Datalink criada em 1993 e com seu complexo industrial instalado em Embu das Artes (SP). Mais informações em
www.afdatalink.com.br.

#Datalink #GarageLine #PopLine #RevolutionLine #StudioLine #cables #ConectaMusicaEMercado #music #escutenossocabo #Anafima #Conecta+

Datalink, o som da qualidade, participa da Feira Conecta+ Música & Mercado 2023

Datalink, o som da qualidade, participa da Feira Conecta+ Música & Mercado 2023

Fabricante expõe cabos de excelência a produtores de conteúdo e musicais, artistas, músicos, estúdios e lojas de áudio e instrumentos no maior evento da América Latina

Embu das Artes, 21 de setembro de 2023 – Há 21 anos no mercado promovendo negócios na área da música, a Feira da Música Conecta+ Música & Mercado acontece, neste ano, de 29 de setembro a 1º de outubro, na Transamerica Expo Center, em São Paulo (SP). O evento reúne artistas, empresários, músicos, estúdios, lojas, fabricantes, importadores, gravadoras etc. A Datalink, há 30 anos no mercado brasileiro, participa da feira com estande levando alta qualidade e performance em termos de cabos, conectores e sistemas para quem precisa entregar o melhor resultado no mercado da música e do entretenimento. O estande da Datalink é o de número 101, que fica na esquina das ruas C e 2.

A Datalink levará seus cabos de sonorização de qualidade que atendem artistas, produtores, técnicos e todos os profissionais da cena musical, de áudio e de produção de conteúdo. A equipe da Datalink está preparada para mostrar o que há de melhor no mercado de áudio que une custo e benefício, apresentando toda a linha de sonorização. “A Conecta+ é o coração pulsante do mercado de audiovisual com as melhores marcas de áudio e instrumentos e reunindo produtores, artistas e imprensa musical em um ambiente dinâmico e inspirador”, observa Maurício Fernandes, gerente de Vendas da Datalink e guitarrista com carreira de mais de 30 anos.

#Escutenossocabo
A Conecta+ é um centro de aprendizado e networking, com mais de 70 palestras, workshops e painéis com personalidades da música de todo o globo, discutindo as tendências futuras da música no Brasil e no mundo. Como destaca o gerente da Datalink, é uma fonte incrível de conhecimento, onde estarão expostas as principais tendências de mercado, soluções para eventos, tecnologia da música, aplicativos, instrumentos musicais, acessórios e educação. “É uma forma de reunir o que há de melhor no mercado, por isso a Datalink se faz presente”, elogia.

Um local perfeito para impulsionar o mercado de audiovisual do País e da América Latina com as melhores práticas técnicas e profissionais por parte dos fabricantes de produtos de alta tecnologia, como os cabos e conectores da Datalink. “Sem dúvidas, é com isso que precisamos nos comprometer com os para produtores de conteúdo e musicais, artistas, músicos, estúdios e lojas de áudio e instrumentos, oferecer produtos de excelência”, ressalta o gerente de vendas da Datalink. Ele completa: “É esse propósito, de oferecer produtos de alta qualidade, que a Datalink apresenta seus produtos nessa nova edição do Conecta+. É sempre motivo de muita satisfação poder estar na feira.”

Para Maurício Fernandes, é uma oportunidade de ouro para conversar diretamente com os tomadores de decisão, fazer negócios, tirar dúvidas e conferir a evolução do mercado. “A marca Datalink, o som da qualidade, está pronta para levar o melhor para a Conecta+ Música & Mercado. Sabemos que é uma chance incrível de se conectar, aprender, fazer negócios e celebrar a música”, pontua Maurício Fernandes, gerente de Vendas da Datalink.

A fabricante vai levar a família de cabos de sonorização que compreende as linhas Revolution, Garage, Pop e Studio. E também a parte de acessórios e conectores.

#Datalink #GarageLine #PopLine #RevolutionLine #StudioLine #cables #ConectaMusicaEMercado #music #escutenossocabo

Serviço
O que: Participação da Datalink na Feira da Música Conecta+ Música & Mercado (https://afdatalink.com.br/)
Quando: De 29 de setembro a 1º de outubro de 2023
Horários: Sexta-feira: 11h-21h | Sábado: 10h-21h | Domingo: 10h-20h
Local: Estande 101 (esquina entre as ruas C e 2) na Transamérica Expo Center, em São Paulo | Av. Dr. Mário Vilas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro, São Paulo
Contato com a imprensa: Rosângela Ribeiro Gil
(13) 99712-8067
imprensa@afdatalink.com.br

 

Cabos de alta performance na Feira de Música Centro Oeste

Cabos de alta performance na Feira de Música Centro Oeste

Em sua sétima edição, evento, que ocorre dias 28 e 29 de abril, reúne empresas e lojistas do Brasil inteiro da área de sonorização, em Goiânia.

Rosângela Ribeiro Gil
Jornalista
imprensa@afdatalink.com.br

Cristina Harms Camacho
Arte e fotos
elisabeth@afdatalink.com.br


A DATALINK
, empresa brasileira há 30 anos no mercado de cabos e conectores, participa de mais uma edição da Feira de Música – Centro Oeste, nos dias 28 e 29 de abril, em Goiânia (GO), expondo seus produtos que aliam excelência em alta performance e preço. A expectativa, segundo os organizadores do evento, é repetir o sucesso das edições anteriores, cumprindo o papel de integrar e gerar negócios entre empresas, fornecedores e lojistas.

Linha Studio.

O gerente de Vendas da Datalink, Maurício Fernandes, destaca a importância do evento para o mercado musical do País que procura produtos de sonorização de qualidade para vender em suas lojas e redes. Fernandes destaca a oportunidade da realização do evento no Centro-Oeste brasileiro, região rica e diversifica cultural e musicalmente. “Sem dúvidas nenhuma, é um encontro que propicia aos lojistas ter contato com produtos de sonorização que combinam preço e excelência. É o que a Datalink oferece sempre: cabos e conectores fabricados com a melhor tecnologia embarcada e com matéria-prima de qualidade e procedência comprovadas”, informa o gerente.

Linha Pop.

A Datalink levará à 7ª Feira de Música – Centro Oeste todo o seu portfólio no segmento de áudio. Na família de cabos montados, a empresa vai expor as linhas Pop, recomendável para quem está iniciando no mundo da música e sem comprometer a qualidade do som; Garage, para os apaixonados por música, cabos com durabilidade e performance que surpreendem; e Revolution, cabos indicados para profissionais que precisam dos melhores timbres e longa durabilidade e com conectores Neutrik. A empresa exporá ainda cabos em rolo para caixas acústicas, microfone, conectores, além de toda sua linha de acessórios.

A fabricante brasileira também apresentará a linha de cabo montado Studio totalmente repaginada e modernizada para atender exatamente ao público que só se contenta com a perfeição. A linha tem embarcada a melhor tecnologia mundial em conectores dourados da Neutrik.

Linha Garage.

Outro diferencial apontado por Fernandes é que a Datalink terá à disposição do público da feira uma equipe qualificada e preparada para explicar os produtos em todos os seus detalhes técnicos e para a realização de bons negócios para os lojistas. “Estamos muito animados para o evento, até porque a Datalink está completando 30 anos de vida e queremos presentear o público entregando o melhor em cabos de sonorização”, orgulha-se o gerente de Vendas.

Os cabos de sonorização da Datalink, descreve o guitarrista Maurício Fernandes, garantem a entrega do melhor som, com todos os timbres e frequências, “é a melhor aposta para o lojista que quer manter uma clientela satisfeita e fidelizada”.

Linha Revolution.

Fernandes observa que os cabos são fundamentais para conseguir o melhor de instrumentos e equipamentos: “Não adianta ter a melhor guitarra, violão, contrabaixo ou outro instrumento ou equipamento se não fizer uma boa conexão com o cabo. Os cabos de qualidade são a tradução de um bom resultado no evento em que o músico estiver tocando. Um cabo ruim compromete o trabalho do artista ou de quem gosta de som, isso é audível.”

O stand da Datalink funcionará, conforme programação da 7ª Feira de Música Centro Oeste, nos dias 28 e 29, das 9h às 20h.

Serviço
O que: 7ª Feira de Música – Centro Oeste
Quando: dias 28 e 29 de abril de 2023
Local: Clube Jaó – Espaço Dois Ipês (Av. Quitandinha, 600) – Goiânia – GO
Informações para a imprensa: Rosângela Ribeiro Gil
Contatos: (13) 99712-8067 e imprensa@afdatalink.com.br

Sobre a Datalink
A Datalink é uma das principais fabricantes de cabos e conectores de alta qualidade e performance de comunicação e controle para aplicações industriais, agrícolas e smart cities. Empresa brasileira cujo portfólio de produtos atende diversos segmentos econômicos, entre eles: agronegócio, automação industrial e predial, automotivo, energia solar, estética, saúde, sonorização e telecomunicações. A história da Datalink lembra histórias de empresas como Embraer, Embrapa, Petrobrás e Weg, entre outras, que mostra a capacidade industrial e competência da engenharia brasileira. A qualidade, a excelência e a segurança dos seus produtos são a marca da Datalink criada em 1993 e com seu complexo industrial instalado em Embu das Artes (SP). Mais informações em
www.afdatalink.com.br.